26 de dezembro de 2015

Homens Broxam, sabia?

Homens Broxam!

Este texto é para homens e mulheres.
Decidi escrever sobre um tema que está na minha cabeça há algum tempo.

Nós homens temos esta besteira, não conversamos sobre nossas falhas na cama, afinal, “Eu sou uma máquina de sexo, mando muito bem, elas sempre gozam várias vezes sem eu tirar de dentro...” é tipo um lema defendido por nós nas rodas das conversas.

Como somos patéticos.

Mentimos. Escondemos. Mantemos pequeno o nosso entendimento, nossa consciencia.

O tema sexo se relaciona tanto com a nossa autoestima que temos até medo de tocar.

Se o homem não estiver esclarecido, na luz, ele se sente mal ao broxar.
Talvez ele não admita que já tenha broxado. 
Sendo assim, falo por todos, já broxei algumas vezes e sei que broxarei no futuro.

A atitude, imatura sexualmente, de mentir e não abrir a questão, faz com que ele lide mal com a "broxada" no momento e, inevitavelmente, esta vibração reverbera na mulher.

A Mulher se sente mal quando o homem broxa. Ela acha que é com ela o problema.
Na cabeça dele passam milhões de pensamentos, vergonhas, “o que ela vai achar?”  melhor eu fazer uma piada, colocar alguma desculpa no álcool, no cansaço...
Ele compra pílulas para “se prevenir”. Ele acha que tem um problema ao “falhar”.

Na cabeça dela passam outras complexos de inferioridade a respeito de seu corpo, de sua aparência. Dúvidas se ele gosta de outra mulher ou tem uma amante.

Discursos infantis.
Imaturos.
O sexo é um processo mental.

Ele deve ser usado para o crescimento do casal.

Ao broxar, meu amigo, utilize isso como um sinal. Uma oportunidade de crescimento.
Seja seu amigo no momento, converse consigo mesmo de forma delicada. 


Sem apontar falhas ou se sentir um anormal por ter uma mulher pelada na sua cama e você não performando.
Você é um cara saudável, aproveite e pergunte-se:
“O que o meu corpo está me dizendo? Quais pensamentos estão em minha cabeça que estão consumindo minha atenção e me tirando deste momento? O que eu realmente penso sobre mim e sobre o que estamos fazendo agora?”

Estas respostas trarão esclarecimentos enormes para a sua vida.
Tratarão as causas, as raízes e te permitirão uma vida sexual plena.

E você, minha amiga, te falo por experiência que no sexo, o corpo é só acessório. 
Uma das minhas melhores transas foi com uma pessoa que não seguia os padrões estéticos-sociais de um corpo em forma.

A coisa é mais profunda.

Pergunte-se como pode ajudar o seu parceiro. Pergunte para ele o que você pode fazer para ajudar. Sua insegurança irá refletir nele deixando-o inseguro, portanto, mantenha-se confortável consigo mesma e confiante de que vocês estão juntos nessa.

O sexo é feito (ou não feito) pelos dois.

Mantenham a parceria.
Mantenham-se famintos.

É a porta da vida, o encontro com a divindade.
Momento mais perfeito da natureza.

Não o envenene.
Aproveitem. Façam muito.

Um abraço,

Mario


Personal & Professional Coach 

Nenhum comentário:

Postar um comentário