30 de novembro de 2015

Quem é você? Como é a sua forma natural?

Então, quem é você? Como é o seu verdadeiro você, sem a influência de ninguém? 

Nada no mundo é tão impressionante como nosso corpo.

Falo dele, porque a resposta para “Quem é você?” neste texto se refere só a esta parte de você. A Física.

Eu posso afirmar que VOCÊ, o de verdade, é maravilhoso.

Digo isso porque eu fiz um mochilão neste ano. 
Aprendi muita coisa.

Ele foi curto, é verdade, mas serviu para mostrar que é uma experiência válida e que será repetida.

O diferente é que eu fiz aos 31 anos.

Isso foi incrível, hoje eu me sinto em um nível de percepção e consciência que me fizeram absorver tudo nessa viagem.

Cresci. Voltei mais leve. Mais natural. Menos assustado e medroso. Voltei outra pessoa.

É uma idade crítica, os 30 anos são difíceis. 

É a idade que “não dá mais, não tenho tempo”. Queremos ganhar muito dinheiro-Casar-Filhos-CorpoMalhado-Saúde-Baladas-Praia-Filhos-Sexo-Recohecimento-Fama-Sexodenovo-CarrodoAno.

E a busca pelo verdadeiro eu é deixada totalmente de lado.

Eu acordei pra isso. Um dia todo mundo desperta!

Decidi fazer, testar. 
Uma realidade totalmente nova te transforma, é mágico.

Uma das coisas que passei a entender melhor foi a opinião dos outros e a minha própria opinião a meu respeito.
Sabe quando você começa a se amar mais? Então.

Resolvi fazer alguns laboratórios.

Um deles (existem vários em andamento) foi o meu cabelo.

Eu não o conhecia. (Olha que absurdo)

Olho para ele hoje e percebo o como é fácil nos perder. “Caramba! Eu sou assim. Me surpreendo.” Durante ANOS, incontáveis anos, eu cortei de modo a parecer “Mais bonito!” Mas que catso é mais bonito ? O mais aceitável, comum, adequado? Pensando no trabalho?

A verdade é que eu nunca achei meu cabelo bonito, e é por isso que eu cortava. Falava que meu cabelo era “ruim”. RUIM ERA A MINHA OPINIÃO, isso sim.

EU SOU ASSIM!
Entendi que o natural é lindo.

Que é libertador deixar de tentar parecer bonito Tentar, por que não é! Só parece bonito.
Nesta hora você se torna natural, o que é maravilhoso!

A natureza não produz feiuras. 
Muito menos algo ruim. 
Obviamente que irei cortá-lo, eventualmente.

Não porque eu o acho feio ou quero adequá-lo. 
Mas sim pelo prazer de me descobrir em uma outra e inusitada forma. 

Agora, te pergunto. Como é a sua natureza? 
Não sei quem você é, mas sei que ela é linda.


Ame-a!

MM


Personal & Professional Coach 

Nenhum comentário:

Postar um comentário