2 de julho de 2015

Uma pergunta poderosa para acabar com as dúvidas.

O que você faria se não tivesse medo?

O Medo é um vilão dos bons. Sutil, traiçoeiro, se esconde em idéias e conceitos criados por nós mesmos para nos bloquear e impedir nosso progresso.

Você vê uma garota bonita, tem vontade de falar com ela mas diz: "Aqui não é um local apropriado para falar com ela..." a oportunidade passou e toda uma vida que poderia ter sido, não será mais.

Este é apenas um exemplo entre milhares de outras situações aonde criamos desculpas para esconder nossos medos.

Na realidade, neste exemplo, você estava com medo de abordá-la e tomar um fora, uma rejeição, não ser aceito ou ser julgado. Enfim, o medo estava por detrás.

Existem, obviamente, momentos inoportunos. Mas você entende o que eu quero dizer, algumas pessoas SEMPRE enxergam que o momento não é propício. Sempre estao presas no medo.

A Dúvida é, em partes uma falta de um objetivo claro e bem definido para guiar suas decisões e em outra partes Medo. Seja de perder algo ou alguém ou mesmo da mudança e o desconhecido que com ela vem.

Portanto, uma pergunta poderosa que uso em meus processos de coaching é esta: "O que você faria se não tivesse medo?"

A resposta se ilumina com tanto prazer e claridade na mente da pessoa que fica claro qual caminho seguir.

Depois, é manter o foco para continuar caminhando apesar do medo, apesar das dúvidas e das incertezas.


Todos temos medos. Eles são parte da vida. Conviver com eles é fortalecer nossa fé de que não importa o que aconteça, estaremos sempre bem e sempre no controle de nossas próprias emoções.

Fortaleça-se, mantenha-se fora do medo. A cada vez que você desafia o medo ele se enfraquece até que desaparece.

A ausência de medos é a ausencia completa de limites.

Vá em frente!

Um abraço,
MM

Nenhum comentário:

Postar um comentário