10 de junho de 2015

Depressão e Ansiedade - A Visão do Coaching.

Depressão e Ansiedade - A Visão do Coaching

Atendo vários clientes de Coaching de idades parecidas com a minha. Percebo que a nossa geração, hoje com idades entre 25-40 anos, está “confusa”.

Vejo 3 pontos a respeito disso pra discutirmos aqui.

1 - Vivemos em um mundo aonde as possibilidades são infinitas. Podemos fazer o que quisermos do nosso futuro.

Este excesso de possibilidades, quando não bem canalizado, gera ANSIEDADE. Uma angústia profunda, apoiada por medos que variam desde não ser aceito a mudar e fracassar. Algumas vezes até existe o medo de não aproveitar a vida como deve ser feito, é como se fosse possível “ERRAR” na vida. Tornando a vida uma espécie de prova, um teste aonde você pode falhar...
A Vida não é bem assim. Seria uma sacanagem se a vida fosse uma prova onde você estivesse sendo avaliado para “passar de ano”, não é mesmo? Esta crença a respeito da vida DRENA a sua energia

2 – Vivemos em um mundo com muitas pessoas “perfeitas”. Aonde todos tem vidas lindas e são pessoas de extremo caráter.

Desta maneira, sofremos muito com o passado. Nos arrependemos de nossas profissões, nos arrependemos dos relacionamentos mal sucedidos. Criamos CULPA (Palavra pesadíssima) aonde não existe... Por estarmos em relacionamentos sem amor, nos culpamos. Por estar em carreiras sem paixão, nos culpamos. Pelos erros cometidos, nos culpamos.

Nós nos cobramos e nos criticamos demais!

Com este Estado Mental, o Passado nos incomoda. Ele vira sofrimento e sempre está com a gente. Fazemos Questão de Carregá-lo aonde vamos!
Isto acontece porque há, sob nossa ótica, um passado que deveria ter acontecido de uma Maneira X “Perfeita”. Logo, gera-se uma emoção carregada, que nos puxa para baixo e nos impede de agir. AFINAL TEMOS MEDO DE ERRAR MAIS, SOFRER MAIS, MACHUCAR MAIS... A esta paralisia emocional chamamos de DEPRESSÃO.

3 – Olhamos para o Presente com pouca importância. 

Perdemos a leveza do momento atual, falta gratidão, humildade, altruísmo... Há pouco reconhecimento de que as coisas que estão ao nosso redor são importantes. 

Se torna um sacrifício, quase um exercício, aproveitar o momento, relaxar, sair das redes sociais perfeitas e encarar a realidade que, erroneamente, julgamos imperfeitas.

A visão do Coaching sobre isso é delicada. O Coaching não é terapia.


O Coaching atua no foco, no equilíbrio das forças internas que movem o indivíduo, principalmente aqueles que sabem o que querem, vão atrás e enfrentam obstáculos e desafios – Estes são os indivíduos que VOAM após o Coaching – os cheios de VONTADE.
O FOCO no Presente, nos planos, nos resultados, nas forças internas gera MOVIMENTO. MOVIMENTO é contra as energias de estagnação (Depressão e Ansiedade).


NÃO APAGAMOS A FOGO. 
O COACHING, na realidade, trabalha criando um cenário aonde o Fogo não pode começar... Eliminamos os Combustíveis destas energias nocivas e direcionamos o movimento criado para a ação e o poder, nos cenários aonde o indivíduo tem está FORTE e PODE AGIR – Também conhecido como MOMENTO PRESENTE.

Com amor,

MM

Nenhum comentário:

Postar um comentário